Há 6 anos, meu marido Jardel, na época com 40 anos. Sofreu o primeiro AVC (06/11/2013).

Foi levado ao hospital Risoleta Tolentino Neves em Belo Horizonte, onde recebeu os devidos cuidados. Foi trombolizado (anticoagulante venoso) no tempo certo de 4 horas e 30 minutos.

No dia seguinte foi transferido para a UTI do hospital Madre Teresa, estava consciente e muito agitado.

Porém de madrugada, às 04:00 AM meu marido piorou o quadro neurológico, o edema do cérebro aumentou. Com o cérebro muito inchado ele foi levado ao bloco cirúrgico e submetido a uma craniectomia descompressiva e o colocaram em coma induzido.

No terceiro dia a pressão intracraniana estava muito alterada pic 30 (normal para uma pessoa em coma era pic 20), repetiram sua tomografia e o neurocirurgião identificou o segundo AVC que atingiu o tronco cerebral. Jardel voltou para o bloco cirúrgico para drenar a hemorragia.

Foi desenganado pelos médicos e ficou em estado vegetativo. Foram longos 4 meses de internação ( 31 dias na UTI e 3 meses no quarto).

Ficou traqueostomizado (1 ano e 2 meses) e com sonda gástrica (2 anos e 6 meses).

Com muita FÉ , muita ORAÇÃO e AMOR DE CRISTO meu marido foi se recuperando aos poucos, realizando atividades de fisioterapia, hidroterapia, terapia ocupacional, psicologia, fonoaudiologia e equoterapia.

Ele ainda não anda, mas fala com a dicção clara, se alimenta normal, tem seu cognitivo preservado em 85%, com alta de algumas terapias. Nossa vida mudou por completo depois dos AVCs, mas para honra e Glória do Senhor estamos vivendo e vencendo a cada dia essa batalha diária.

E temos uma linda filha chamada Vitória de 7 anos. Na época do AVC tinha só 1 aninho.

Essa é um pouquinho da nossa história